fbpx

RECONSTRUINDO AS MURALHAS DE UMA NAÇÃO!
Feliz a Nação cujo DEUS é o SENHOR, e o povo que ele escolheu para sua herança.

Salmos 33.12

A Nação que busca priorizar a DEUS e que tem autoridades constituídas com o temor do
SENHOR, será bem-aventurada. O SENHOR pelejará por suas causas diante de seus inimigos.
A Bíblia nos apresenta a História de um homem judeu que temia ao SENHOR. Seu nome,
Neemias, que significa aquele que DEUS consola ou confortado por DEUS e tem origem no
Hebraico Nehemmiah que quer dizer: Ele consolou. Neemias era filho de Hacalias, provavelmente
da tribo de Judá e sua família residia em Jerusalém. Ele era um dos judeus descendentes da
dispersão de Jerusalém, pois fazia parte da geração dos que foram levados para a Babilônia, pelo

rei Nabucodonosor.

Quando jovem, exerceu um importante papel de copeiro real no palácio de Susã do rei
Artaxerxes, da Pérsia. O serviço de Neemias era ter a certeza de que não haveria nada de errado
com o que o rei bebia, ou seja, servia vinho ao rei e sua responsabilidade era de não deixar o
envenenarem. Esse trabalho era muito importante. Na realidade, Neemias era mais que servo do

rei, ele era amigo.

No vigésimo ano do reinado de Artaxerxes, Neemias recebeu a notícia de seu irmão Hanani,
sobre a situação caótica de miséria que seu povo em Jerusalém passava. Ele ficou sabendo que
os muros da cidade, foram destruídos e as suas portas queimadas (Ne1.1-3). Essa situação fez
com que Neemias ficasse bastante abalado e sua atitude naquele primeiro momento foi chorar,
jejuar e orar por sua Nação. “E disse: ah! SENHOR, DEUS dos céus, DEUS grande e temível,
que guardas a aliança e a misericórdia para com aqueles que te amam e guardam os teus
mandamentos! Estejam, pois, atentos os teus ouvidos, e os teus olhos, abertos, para
acudires à oração do teu servo, que hoje faço à tua presença, dia e noite, pelos filhos de
Israel, os quais temos cometido contra ti; pois eu e a casa de meu pai temos pecado.
(Neemias 1. 5-6) ” Neemias tinha consciência de que a situação de calamidade em que seu povo

estava passando, era por causa de pecado, desobediência a DEUS.

Um dia, quando Neemias estava como de costume atendendo aos serviços reais, deixou
transparecer sua tristeza, a ponto de o rei Artaxerxes perguntar qual o motivo de sua aflição.
Neemias temeu em revelar, no entanto, disse ao rei o que lhe afligia. “ – Que o rei viva para
sempre! Como não estaria triste o meu rosto, se a cidade onde estão sepultados os meus
pais está em ruínas e os seus portões foram queimados? ” Então o rei perguntou como
poderia ajudá-lo e Neemias solicitou que fosse enviado a Judá para que ele reconstruísse os

muros da cidade de Jerusalém. (Ne 2.3-4) O rei Artaxerxes atendeu ao pedido de seu copeiro e
ainda facilitou a obra abrindo portas para essa missão, ao ponto de seus aliados fornecerem

materiais necessários para a reconstrução dos muros da cidade.

Este servo de DEUS foi determinado, um líder- nato, homem de caráter, talentoso, carismático,
íntegro, muito rígido com relação à justiça, porém demonstrava grande humildade e generosidade
para com seu povo. Ele era um homem de fé e temente ao SENHOR, soube liderar e motivar seu
povo para a grande missão de reconstruir as muralhas da cidade de sua descendência. Também,
teve muitos inimigos que tentaram impedi-lo de executar o projeto que o SENHOR colocou em
seu coração, no entanto, não desistiu, foi perseverante e conseguiu reedificar os muros da cidade
de Jerusalém em 52 dias. Mas tudo aconteceu porque a mão de DEUS era com Neemias.

(Ne 2. 1-8)

Meditando na História de Neemias, podemos observar que a nossa Nação Brasileira tem muitas
muralhas a serem reconstruídas, em vários aspectos, tais como: Necessitamos de liderança que
tenha o temor de DEUS; As questões de organização das políticas públicas que precisam ser
revistas; As questões morais e valores que necessitam ser firmados nas famílias e sociedade,
além das injustiças sociais que vivenciamos a todo momento e tantos outros fatores que carecem
de reparos. No entanto, só poderemos ter condições de reconstruir as muralhas de nosso País,
se deixarmos que o SENHOR JESUS tome conta de nossas vidas e direcione a nossa Nação de
acordo com o Sua vontade. Em Isaías 9.6 podemos ver que: …O governo está sobre os seus
ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, DEUS Forte, Pai da Eternidade,

Príncipe da Paz;

O SENHOR JESUS é DEUS Maravilhoso que pode dar o direcionamento e ajudar a reconstruir as
muralhas de nossa Nação e toda autoridade que se submeter ao Seu governo, será

bem-sucedida.

Que a paz e a graça do Senhor Jesus reinem em nossa Nação!

Eloyza Corrêa

Coordenação de Educação Cristã

Leave A Comment