fbpx

ANDANDO SOBRE O MAR DAS DIFICULDADES

Se és tu, SENHOR, manda-me ir ter contigo, por sobre as águas.

Mateus 14. 28

Ao meditar na História vivenciada pelos discípulos, em especial Pedro, podemos
compreender quão difícil é passar por diversas dificuldades na vida e ao mesmo tempo hesitar em
olhar para os lados, no entanto, atenção desviada, foco interrompido, consequência avassaladora.
A História narrada nos Evangelhos de Mateus, Marcos e João, fala que JESUS tinha
despedido a multidão, visto que anteriormente tinha realizado o milagre da multiplicação dos pães
e peixes. Então, ordenou aos seus discípulos ao entrarem no barco e seguirem adiante para o outro
lado, a Betsaida – Povoação pesqueira ao nordeste do mar da Galileia, situada a alguns quilômetros
de Cafarnaum.

Jesus foi orar no monte sozinho e permaneceu lá por algum tempo. “E, despedida a multidão,
subiu ao monte para orar, à parte. E, chegada já a tarde, estava ali só. E o barco estava já no meio do mar,
açoitado pelas ondas; porque o vento era contrário; Mas, à quarta vigília da noite, dirigiu-se Jesus para eles,
andando por cima do mar. (Mateus14. 22-25) ”

E vendo que os discípulos enfrentavam ventos contrários ao atravessarem o mar, resolveu
ir até eles, andando sobre as águas, isso pela quarta vigília da noite. Essa passagem nos mostra
que a noite era dividida em quatro vigílias: A primeira, inicia das dezoito horas até as vinte e uma
horas. A segunda, ia das vinte e uma até as vinte e quatro horas. A terceira durava de vinte e quatro
horas até as três da manhã. A quarta vigília, porém se dava entre três horas até seis da manhã.
Talvez alguém se pergunte, porque Jesus esperou tanto tempo para ir até ao encontro dos
discípulos socorrê-los?! Ele poderia ter ido logo que viu o perigo iminente, pois estava em um lugar
alto de excelente visibilidade. No entanto, todas as coisas em nossas vidas são resolvidas no tempo
de DEUS.

Os discípulos ao verem-no andando sobre as águas, ficaram aterrorizados e pensavam ser
um fantasma, gritaram desesperados! Imagina a situação, eles já estavam passando por uma prova
difícil em meio ao barco açoitado pelas ondas, pois o vento era contrário, agora, um ser vindo ao
encontro deles sobre as águas, isso era sobrenatural! Mas a voz do Mestre os acalmou
imediatamente…. Tende bom ânimo! Sou eu. Não temais! (Mateus 14.27)

Então Pedro com sua impulsividade falou: Se és Tu, Senhor, manda-me ir ter contigo, por sobre
as águas. (Mateus 14.28) JESUS lhe respondeu: Vem! E Pedro saiu do barco, andou por sobre as águas e
foi ao encontro de JESUS, porém, ao perceber que estava caminhando, olhou para a força do vento, teve
medo; e começou a submergir…A sua reação foi gritar para o Mestre: Salva-me SENHOR! (Mateus 14.
30) E, imediatamente, JESUS, estendendo a mão, tomou-o e lhe disse: Homem de pequena fé, por
que duvidaste? (Mateus 14. 31)

Assim como Pedro, muitos de nós temos prova do quanto JESUS é SENHOR e pode nos
ajudar em qualquer situação difícil em nossas vidas, até mesmo as impossíveis, no entanto, ao nos
depararmos com o mar das dificuldades que afligem nossos corações, muitas vezes tememos e
enfraquecemos na fé. Mas JESUS adverte a crer Nele. Confiar! Pois sem fé é impossível que o
homem agrade a DEUS.
O SENHOR JESUS prontamente atendeu ao clamor de Pedro, agarrou sua mão e o ergueu,
livrando do mar agitado e ventos fortes. Quando entraram no barco, o vento acalmou. Naquele
instante os discípulos o reconheceram como SENHOR! … És verdadeiramente o Filho de DEUS!
(Mateus 14. 33)

JESUS é SENHOR e sempre será! Não há outro deus que possa nos livrar de todas as
tribulações que passamos, pois, apesar de sofrermos neste mundo, o Mestre nos ensina a termos
bom ânimo, a firmar nossa fé e confiança Nele.
Confiemos em JESUS!

Que a graça do Senhor Jesus seja com todos!

Eloyza Corrêa

Coordenação de Educação Cristã

Leave A Comment